sábado, 13 de agosto de 2011

Entrevista exclusiva: THALITA CARAUTA, a revelação do ano no humor!



Thalita posando para a "Contigo"
Finalmente o Brasil reconheceu seu talento. Pra mim, já não é novidade há tempos, já que acompanho sua carreira desde o início da peça “Os suburbanos” (peça que volta em cartaz em breve no Teatro Miguel Falabella), que abriu todas as portas para ela, para seu parceiro mais constante, Rodrigo Sant’anna e para Isabelle Marques, que fez sucesso em “Araguaia” como a hilária Cotinha. Desde então, Thalita Carauta tem sido presença constante em várias produções globais, como em “Páginas da Vida”, onde arrancou elogios como Lídia, a empregada de Helena (Regina Duarte). O carinho e desenvoltura com que ela contracenou com Joana Mocarzel, que viveu a menina Clarinha, encantou a todos.

Mais recentemente, Thalita vem colhendo os louros de seu merecido sucesso com o hilário quadro “Metrô Zorra Brasil” do humorístico “Zorra Total”, vivendo uma dupla impagável com Rodrigo Sant’anna. Os bordões de Valéria e Janete estão na boca do povão. Mas quem pensa que Thalita é fera apenas no humor, engana-se. No teatro, ela emocionou a todos com o comovente espetáculo “Lavando a alma”, no qual vive uma velha rezadeira prestes a ser despejada de sua casa. Por essas e outras, o melão está em festa, pois além do imenso talento já reconhecido por todos, Thalita é uma amiga muito querida e merece tudo o que está conquistando. Competente como atriz, autora e diretora, Thalita abriu uma brecha em sua atribulada agenda e nos concedeu um bate-papo pra lá de agradável. Espero que curtam.


Sua parceria com Rodrigo Sant’anna é antiga. Vem desde os tempos do Tablado até despontar para o sucesso com o espetáculo “Os suburbanos”. De onde vem tamanha afinidade? O que Rodrigo significa em sua vida e em sua carreira?



Thalita - Afinidade não se explica, ela acontece ou não. Temos um gosto, por um tipo de humor, muito parecido, sempre tivemos; na vida. E na vida ele é meu melhor amigo e na minha carreira também. Devo muito a ele nos dois.

“Os suburbanos” foi um divisor de águas em sua carreira. De onde veio a ideia e a concepção do espetáculo?
Thalita - O Rodrigo tinha escrito uma cena para o "Circuito Carioca de Esquetes".O público gostou, ganhei prêmio de melhor atriz, e ganhamos uma pauta no teatro "Maria Clara Machado" para estrear "Os Suburbanos". Para essa peça o Rodrigo tinha escrito mais quatro cenas. 
                                                                               
Os Suburbanos: peça que revelou Isabelle, Thalita e Rodrigo

Sua estreia em novelas com um personagem fixo foi vivendo a personagem Lídia, de “Páginas da Vida”. Que lembranças você tem da novela e como foi estrear logo contracenando com ninguém menos que Regina Duarte?
Thalita - Estrear em um trabalho com uma das figuras mais importantes da teledramaturgia é um tanto de sorte considerável! Vida longa a ela, tem toda a minha admiração e saudade! A Joana Mocarzel me deu a convivência de mais absoluta verdade que já experimentei! Agradeço muito ao Maneco e ao Nelson Fonseca, produtor de elenco que me indicou para o teste (depois de assistir "Os Suburbanos").

Thalita como Lídia, de "Páginas da Vida" (2007)

Em um dos episódios de “Casos e Acasos” (disponível em DVD) você viveu uma personagem cômica, mas não uma comédia escrachada como vive no “Zorra Total”. Como foi a experiência? Você aprecia esse tipo de comédia mais sofisticada?
Thalita - Todo humor é bem vindo! Eu gosto de tudo!

Como se deu sua ida para o “Zorra Total” e que tal o desafio de estrear em um quadro de uma personagem já consagrada, Lady Kate, vivida por Catiuscia Canoro? Se inspirou em algum tipo da peça “Os suburbanos” para compor a Clarete?
Thalita - O (Maurício) Sherman (diretor do “Zorra Total) foi assistir "Os Suburbanos" e nos levou  para o Zorra. Estreei sem nenhuma pretensão, era apenas uma participação, a Kat (Catiuscia Canoro) como atriz é incrível e como colega de trabalho melhor ainda! Me deixou muito a vontade e me recebeu com muito carinho. A Clarete veio de "Os suburbanos".

Valéria e Janete: fenômeno de sucesso no "Zorra Total"

Você esperava esse sucesso e essa repercussão tão grande com o quadro de Valéria e Janete no Zorra?
Thalita - Não. "Definitivamente"! rsrrsrs

Quem assistiu à sua peça “Lavando a Alma” sabe que você também é excelente interpretando personagens dramáticos. Tem vontade de mostrar essa faceta na televisão?
Thalita - Tenho vontade de me experimentar em qualquer lugar.

Cartaz do espetáculo "Lavando a alma"

Você é noveleira? Se sim, quais suas novelas e/ou personagens favoritos?
Thalita - Nossa! eu já fui muito noveleira, é difícil dizer as favoritas! "A Viagem", "Rainha da Sucata", "Tieta" (amava Perpétua e Bafo de Bode), "Meu bem Meu mal", "Pedra sobre pedra", "Vamp" "Quatro por Quatro"... As clássicas como "Vale Tudo" eu era muito nova, lembro de personagens marcantes: Heleninha Hoitman! Também amei Glória Pires em "Mulheres de Areia" e "Memorial de Maria Moura". Salve donas Armênias e Nazarés!

Thalita, querida, sou testemunha de sua luta e admirador de seu incrível talento, portanto sei que o sucesso que está conquistando agora é consistente e mais do que merecido. Tenho certeza de que virão muito mais coisas boas por aí. Obrigadíssimo pela entrevista e mais sucesso ainda pra você! Beijos de seu fã e amigo!
Thalita - Beijo grande e sucesso pra você também, que venham muitas novelas pra você escrever! Parabéns! Quem sabe um dia não trabalhamos juntos? (risos). Beijos!

______
Leia mais sobre Thalita em:

Melão Express: Rapidinhas, mas saborosas - Ed. 8




13 comentários:

Glauce Viviana disse...

Ela é uma simpatia e tem talento! Excelente entrevistar Vitor. parabéns!! beijos :D

Fellipe disse...

Que fofa a entrevista!!! Minha maninha de sangue e meu maninho de alma!!! Amo vocês!!! Beijos

Eddy Fernandes disse...

Thalita é uma graça!!
Em todos os sentidos... rs!
Espero que ela conquiste ainda mais espaço na TV.

Jéfferson Balbino disse...

Olá Vitor,
adorei a entrevista, parabéns!

Abraços

Jéfferson Balbino
www.jeffersonbalbino.zip.net

Isaac Abda disse...

a dupla tá sendo um sucesso e reavivando o Zorra, que já de algum tempo vinha sem fôlego... Desejo ainda mais sucesso e concretização da carreira!

Legal, Vitor!

FABIO DIAS disse...

Que legal a entrevista Vitor, só senti falta de uma coisa, poderia ter perguntado sobre o seu atual quadro no Zorra, do processo de criação. Mais um grande talento pra nossa teledramaturgia.
Abs

Nilson Xavier disse...

Tem como não amar Valéria Vasquez, a bunita, e Janete, a eshtranha?

Sucesso Thalita!

Carlos Fernando disse...

Thalita!! Era questão de tempo. E tempo nos deixa muitas vezes ansiosos, mas Thalita você chegou lá. Sucesso absoluto e um inicio, que não é tão inicio assim, de uma vida profissional. Torço para que você alcance tudo que você deseja. Felicidades.
Vitor, um talento em tudo que escreve. Entrevista maravilhosa. Virtor sou seu fâ e admirador desde sempre. Bjs aos dois.

DEIA SHINE disse...

MEUS PARAB ENS A ESTA ATRIZ .
GOSTEI MUITO DA ENTREVISTA CLARA EOBJETIVA.

Malu disse...

Thalita é um doce, tive a oportunidade de conhece-la no Projac, me apaixonei de graça pelos dois. Desejo mais SUCESSO E MUITA LUZ NO CCAMINHOS DOS DOIS.

Bjão Malu

RRJunior disse...

A Thalita tinha (e tem) tudo pra ser A revelação! Mas ela possui um dom que poucos tem: CARISMA!

Parabéns e muito sucesso sempre!!!
=]

Emerson Felipe disse...

Thalita Carauta é simpaticíssima!! Que entrevista deliciosa!!
Ela, em parceria com Rodriga Sant'anna, injetou sangue novo no Zorra Total: não à toa Janete e Valéria dominam os tópicos de discussão do twitter e a audiência de sábado à noite.
Muito sucesso para Thalita!!!

Jama Libya disse...

No Brasil dezenas de milhares de negros e simpaizantes protestam Movimentos Negros Brasileiros fizeram protestos de desagrado contra famoso cantor e sambista Martinho da Vila, Escola de Samba Unidos de Vila Isabel que neste carnaval de 2012, no enredo “Você Semba Lá… Que Eu Sambo Cá. do povo brasileiro) que nos versos O Canto Livre de Angola!”. Com uma exaltação maravilhosa a ANGOLA a pátria mãe da maioria (54% tem sangue africano-angolano em nossas aveias. Samba Enredo da Vila Isabel(O para Presidente Wilson Vieira Alves a carnavalesca Rosa Magalhães e principalmente o Presidente de Honra: Martinho José Ferreira o “Martinho da Vila” que se negaram a ouvir e atender as reclamações dos milhares de e-mails, cartas e ligações telefônicas e celulares para sensibilizar esses dirigentes. que seria um desprestígio para comunidade negra feminina serem excluídas as frente da bateria da Vila Isabel colocando uma rainha nipo-brasileira (japonesa) e uma musa loira, com respeito a elas, mas porque não por uma negra também e por coerência ao enredo exaltava a raça negra e negritude cultural África Angola Brasil. Apesar de todos esforços não foram suficientes par conscientizar estes dirigentes é lamentável que as crianças a juventude a mulher afro brasileira sofram estes preconceitos excluídas marginalizadas , humilhadas por aqueles que dizem ser defensores e nossos ídolos. Martinho da Vila é uma vergonha e covardia, muito obrigado pelo desserviço ao resgate e valorização da raça negra.Rei Martinho Ganga Zumba da Vila? Mariana Benedita dos Santos,Negra Bene. mariana.jornalista@bol.com.br

Prefira também: