quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Temas e Trilhas: ROBERTA MIRANDA




Melão assume seu lado escancaradamente romântico e declara: ADORA Roberta Miranda e seu canto derramado e apaixonadamente despudorado, que fala de amor sem reservas e sem vergonha! Já disse que cresci ouvindo os discos de Gal e Bethânia da minha mãe, mas ela também tinha alguns de Roberta Miranda que sempre ouvia e aprendi a gostar. E além dos grandes sucessos radiofônicos como “Vá com Deus”, “Dói” e “Sol da minha vida”, a cantora é presença constante na trilha sonora de muitas novelas, com seu canto inconfundível e sua interpretação personalíssima. Listei abaixo minhas favoritas, algumas porque nos remetem imediatamente à novela em questão, outras porque batem forte em minha memória afetiva. Vamos a elas:


10) “MEU DENGO” em “PARAÍSO” (2009)


Em dueto com a cantora Tânia Mara, esse animado forró era o tema das “regateiras”, espécie de “periguetes rurais”, as divertidas moças da pensão de Dona Ida (Walderez de Barros) vividas por Mareliz Rodrigues, Lucy Ramos, Paula Barbosa e Caroline Abras que, além de viverem à procura de um marido, também eram as responsáveis por espalhar todas as fofocas da cidade. Pra dançar agarradinho e relembrar do remake de Benedito Ruy Barbosa.


9) “SEU AMOR AINDA É TUDO” EM “ESTRELA DE FOGO” (1998)
Confesso que não assisti a um capítulo sequer dessa novela, mas sempre adorei essa música na voz de Roberta Miranda e, por isso, ela não podia ficar de fora da lista. Adoro essas canções que começam calminhas, introspectivas e depois vão crescendo até explodir em um ótimo refrão. Dramática, passional, desesperada... impossível não cantar alto!



8) “LA MAESTÁ IL SABIÁ” em “TERRA NOSTRA” (1999)
Aqui, em dueto com Chitãozinho e Xororó, Roberta interpreta em italiano uma composição sua de enorme sucesso na voz de Jair Rodrigues. O tema era de locação e ajudava a ambientar o ambiente rural em que viviam os imigrantes italianos da novela de Benedito Rui Barbosa. Portanto, a versão italiana de um clássico de nossa música sertaneja caiu como uma luva.

7) “SEMPRE MAIS” EM “ERA UMA VEZ...” (1998)



Versão de “Baby can I hold you”, sucesso avassalador de Tracy Chapman que fez parte da trilha de “Vale Tudo”, aqui ganha uma versão mais doce e brejeira na voz de Roberta Miranda. Na novela de Walther Negrão, era tema de Isaura (Myrian Rios), mãe solteira do menino Sarrafo (Eduardo Caldas), mulher batalhadora que trabalhava em um trailer e acaba se envolvendo com Julio (André Gonçalves), rapaz bem mais novo e que, por isso, mesmo, ela relutava em viver esse romance. Talvez o último bom papel de Miriam Rios em uma novela e ganhou uma canção à altura.


6) “MEU PRIMEIRO AMOR” EM “A FAVORITA” (2008)


Casal 20 da teledramaturgia brasileira, Tarcisio Meira e Gloria Menezes dispensam qualquer apresentação. Já formaram par romântico em diversas novelas. O mais recente foi em “A Favorita”, grande sucesso de João Emanuel Carneiro, em que viviam Irene e Copola, casal maduro que sempre foram apaixonados, mas que acabaram se casando com outras pessoas. Só após a morte do marido Gonçalo (Mauro Mendonça), Irene teve coragem de assumir seu amor por Copola, que abandona a esposa Iolanda (Suzana Faíni). Os encontros do casal, sempre regados com muito lirismo, eram embalados por essa belíssima canção, verdadeiro clássico de nossa música, que ganhou uma interpretação mais doce e menos arrebatada de Roberta Miranda, mas não menos emocionante.

5) “A MULHER EM MIM” EM “O AMOR ESTÁ NO AR” (1997)


Versão de um sucesso de Shania Twain, era o tema da perversa Úrsula, grande vilã da novela de Alcides Nogueira interpretada por Nicette Bruno. Úrsula era má, rancorosa, dominadora, mas também tinha seus momentos de fraqueza. Sua paixão não correspondida por Guima (Nuno Leal Maia) era embalada por essa canção, interpretada de forma apaixonada por Roberta Miranda. É do tipo de canção e de interpretação que remete imediatamente à novela.

4) “CABECINHA NO OMBRO” EM “PEDRA SOBRE PEDRA” (1992)


Outro grande clássico da música sertaneja que aqui, ganha uma versão repaginada no dueto de Fagner e Roberta Miranda. Também é daquelas canções que remetem imediatamente à trama. Como não se lembrar de Jorge Tadeu (Fabio Jr), fogoso fotógrafo que, mesmo depois de morto, continua a ter encontros amorosos com as mulheres de Resplendor? As cenas de amor, sempre pra lá de quentes, eram embaladas por essa canção, que fez um tremendo sucesso na época. Me transporto imediatamente para os banhos de rio entre Jorge Tadeu e sua favorita, a esotérica Úrsula (a sempre ótima Andréa Beltrão). Doces lembranças...


3) “ATRAÇÃO FATAL” EM “PORTO DOS MILAGRES” (2001)


Era o tema da beata atrapalhada e “invicta” Genésia (Julia Lemmertz dando um banho de interpretação), minha personagem favorita da novela. Também amava “Sem amor”, tema anterior da personagem interpretado por Patricia Mellodi (na época Patricia Melo), quando Genésia fervia de paixão e se lamentava por não ter um amor. Mas com a chegada do boy magia Ezequiel (primeiro papel de destaque de Vladimir Brichta em uma novela), o tema de Genésia passa a ser esse animado e fogoso forró na interpretação sacana e deliciosa de Roberta Miranda. Quando o amor dos dois explode, a “atração fatal” do título da canção passa a fazer todo o sentido.

2) “EU TE AMO, TE AMO, TE AMO” EM “O REI DO GADO” (1996)


Esse clássico da dupla Roberto e Erasmo Carlos já ganhou interpretações dramáticas, como a de Antonio Marcos e chiques como a de Marisa Monte. Mas, fala sério, delícia mesmo é ouví-la na voz aveludada e sôfrega de Roberta Miranda e seu delicioso “ah, eu amo”. A canção na voz da cantora nos remete imediatamente à apaixonadíssima Lea Mezenga, grande momento de Silvia Pfeiffer na tevê, às voltas com o malandro Ralf (Oscar Magrini), que a explorava, a espancava, mas também a fazia tremer (e gemer) de paixão. É um dos casos em que a canção se casa perfeitamente com a trama.


1)   “LUAR DO SERTÃO” EM “TIETA” (1989)


Sim, a primeira colocada, além de fazer parte da trilha de minha novela favorita de todos os tempos, ainda me remete a lembranças muito felizes de minha pré-adolescência. Daquelas que, só de ouvir, nos remete a uma época e a um lugar que não existem mais, exceto em nossas lembranças. Na novela, era tema do Comandante Lauro (Flavio Galvão) e sua esposa Laura (Claudia Alencar), que viviam felizes em Mangue Seco. Adorava as cenas do casal namorando na rede da varanda de casa, sob a luz de uma imensa lua que só existe nas novelas de Aguinaldo Silva, embalados pela doce e emotiva interpretação de Roberta Miranda para esse grande clássico de nossa música. Bela e inesquecível.


Agora é com vocês! Melão quer saber: quais são seus temas de novelas favoritos na voz de Roberta Miranda?
____________

LEIA TAMBÉM:


TEMAS E TRILHAS – MARIA BETHÂNIA





9 comentários:

Wesley disse...

Gosto da Roberta. Ela transmite uma deliciosa brejeirice em suas músicas e sua voz é praticamente patrimônio brasileiro. Dos temas preferidos, gosto de "A mulher em mim" em O Amor está no ar, "Cabecinha no ombro" é maravilhosa e claro, "Luar do sertão" em Tieta... clássico.

SOU FAN DA ROBERTA MIRANDA disse...

Roberta Miranda é eclética, haja visto a quantidade e variedade de canções participantes em trilhas de novelas. isso já lhe rendeu uma matéria especial no video show (segue a trilha) http://globotv.globo.com/rede-globo/video-show/v/segue-a-trilha-roberta-miranda-recorda-seus-sucessos-na-telinha/1535946/
eu como fan sou até suspeita pra falar, mas enfim, as evidências estão aí.
"entrei no jardim das flores, não sei qual escolherei, escolha meu bem escolha, e um beijo eu lhe darei" ..... kkkkk
ai ai. não posso deixar de neste momento, escolher La Maestá il Sabiá - em italiano, na novela Terra Nostra, se quem que o tema da Genésia,em Porto dos Mmilagres, Atração Fatal... ui!
Luar do Sertão um clássico em Tieta,
ah, vou parar, senão fico com todas.

RRJunior disse...

Eu simplesmente AMO essa mulher!!!
Como a maioria dos adolescentes, eu nunca fui chegado em músicas nacionais durante os anos 80 e 90. Passei a admirar a Roberta por conta da regravção de "Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo" na trilha de O Rei do Gado vol 01, música esta do Rei Roberto Carlos e que ela regravou com um timbre fantástico! Depois tb regravou do Rei (a pedido dele mesmo) a música "De Tanto Amor", que ela cantou em pareceria com RC no especial de final de ano em 1996.
De lá pra cá fui tornando fã cada vez mais, ao ponto de conseguir todos os albuns e algumas mátérias em revistas e/ou em vídeo.
Uma curiosidade: "Meu Dengo" está no primeiro disco da cantora, de 1987. A faixa constante na trilha de 'Paraíso' é uma regração do album 'Acústico'.
Outra curiosidade: "Cabecinha no Ombro" da trilha de Pedra Sobre Pedra está presente nos albuns 'Pedras que Cantam', de Fagner, e 'Sol da Minha Vida'(1992) da própria cantora.
Amei o texto, Vitor. Parabéns! ;)

RRJunior disse...

Outra curiosidade: "Luar do Sertão" não consta em nenhum album da Roberta Miranda. A música foi incluida como faixa bônus numa coletânea de sucessos da cantora que a gravadora continental lançou em 1990, após ter sido incluida na trilha volume 02 da novela Tieta

Emerson Felipe disse...

"Cabecinha no ombro" em Pedra Sobre Pedra e "Eu te Amo, Te Amo, Te Amo" de O Rei do Gado marcaram minha infância. "A Mulher em Mim" da pouco lembrada O Amor Está no Ar é linda.

Bela seleção da romântica Roberta Miranda.

SOU FAN DA ROBERTA MIRANDA disse...

RRJunior - cara, muito grata pelas informações, curiosidades sobre Roberta Miranda. os fans agradecem.
vc está nas redes sociais? vem!
www.twitter.com/soufanrm
http://www.facebook.com/soufan.robertamiranda
www.youtube/com/soufanrm
http://web.stagram.com/n/soufanrm/
(amei seu coment)

Alex Tribianni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alex Tribianni disse...

Gosto da Roberta desde os 5 anos de idade, em 1993... Hoje, fã de carteirinha, sinto falta de muitas músicas nas trilhas sonoras da globo da Roberta, que possuem excelentes composições, como "Por Você esqueci de mim", "Te deixo só" , "Minha História de amor", "Você não vem", "Faz Amor comigo" e "Pele de amor". Acho que todas que citei dariam excelentes trilhas de novelas...É uma pena que sejam pouco conhecidas..

RRJunior disse...

Olha eu aqui de novo pra falar mais um pouco... Mas o Vitor escolheu um assunto que adoro!!! hehehe
Esqueci de acrescentar duas coisas:
> "A Mulher em Mim" e "Sempre Mais", das trilhas de 'O Amor Está no Ar' e 'Era Uma Vez...' respectivamente, são regravações e traduções das músicas "The Woman in Me (Needs The Man In You)" da Shania Twain (que inclusive está na trilha volume 01 de O Rei do Gado) e de "Baby Can I Hold You", da Tracy Chapman.
> Uma música que faltou nessa sua lista é "História do Sertão", que foi tema da Emerenciana em Cabocla (2004)

;)

PS: SOU FAN DE ROBERTA MIRANDA - estou nas redes sociais sim! (e com a mesma sigla do nome rsrsrs)

Prefira também: