quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Série Memória Afetiva: 15 temas de novela

Antes de tudo, é preciso lembrar que essa lista é única, pessoal e intransferível. Já me disseram que organizo minha vida e lembro dos fatos passados e associo diretamente á novela que estava no ar naquele momento. É a mais pura verdade!
Portanto, se tivesse que lançar um CD com os meus 15 temas de novelas favoritos (seja pelo gosto pessoal mesmo, seja porque marcaram de alguma forma a minha vida) após uma longa, dolorosa e hercúlea seleção, eis o resultado:




1) CORAÇÃO DO AGRESTE (Fafá de Belém) – Em se tratando das canções de “Tieta”, escolheria praticamente os dois LP’s inteiros lançados na época da novela, que além de ser minha favorita de todos os tempos, marcou minha vida de uma maneira indelével. Todas as canções remetem diretamente a uma época muito feliz, de descobertas, de brincadeiras, de sonhos, de momentos únicos. Mas como símbolo disso tudo não poderia escolher outra canção, senão o tema da personagem título, interpretado magistralmente por minha querida Betty Faria. Nunca me enjôo dessa lindíssima canção de Aldir Blanc e Moacyr Luz e até hoje me emociono e cantarolo incessantemente junto com Fafá. Até porque... regressar é reunir dois lados...rs!


2) AN AFFAIR TO REMEMBER (Nat King Cole) – Tambem às vezes me acusam de ter nascido na época errada. Verdade ou não, tudo relacionado aos anos 50 e 60 me fascinam. E “Bambolê” é minha novela-xodó, que guardo com carinho nos escaninhos de minha memória. Poderia citar a belíssima “Eu sei que vou te amar”, tema de tantas novelas, mas na minha opinião, aqui tem sua versão mais bela e surpreendente com Carla Daniel. Ou “You are my destiny”, com Paul Anka, que sempre me arrebata. Mas como ando mais doce, mais romântico por esses dias, elejo a terna “Na affair to remember”, de Nat King Cole, tema do casal Ana e Luiz Fernando (Miriam Rios e Paulo Castelli), cuja faixa está até arranhada em meu LP, de tanto que pus pra tocar. Como se não bastasse é a canção-título do belíssimo “Tarde demais para esquecer”. De fato, inesquecível pra mim.


3) BABY (Gal Costa) – Minha relação com essa música não é exatamente com a minissérie. Mas essa versão de 68 é a minha favorita. Gal estreando, mostrando doçura e força e conquistando o Brasil. E embora tenha sido composta por Caetano para sua irmã Bethânia, sempte me identifico com a letra quando ouço...rs! Com certeza, se escrevesse um filme sobre minha vida, esta música não poderia faltar.

4) CAN’T TAKE MY EYES OFF YOU (Frankie Vally) – Ainda em "Anos Rebeldes", em seu baile de formatura, Maria Lúcia (Malu Mader), ao perceber que a banda começa a tocar essa música logo exclama: “ah, não, essa é sujeira!”, pois imediatamente se lembra do amado João (Cassio Gabus Mendes), que não está presente. Eis que ele adentra o salão e a tira pra dançar. De arrepiar! E adoro canções como essa, que começa mansinha, vai crescendo apoteoticamente até explodir e arrebatar corações. Sim, pode não parecer, mas sou romântico....rs!


5) A HORA E A VEZ (Claudio Nucci e Zé Renato) – Essa música pouco lembrada da trilha de Roque Santeiro (que podia selecionar inteira) é muito especial pra mim. Era a trilha de meu “sofrimento” às voltas com o primeiro amor, aos 8 anos. Também me remete a uma época muito especial. E Roque Santeiro foi o primeiro LP de novelas realmente meu. Antes disso, surrupiava os das minhas primas...rs!


6) MORDIDA DE AMOR (Yahoo) – ah, uma canção “kitsch” não podia faltar, né? Totalmente 80’s. Tocou incessantemente na novela “Bebê a bordo” e também incessantemente em minha vitrolinha, sobretudo nas danças da vassoura das festinhas que promovia na minha casa...rs! Outra da coleção “saudade não tem idade”...rs!


7) RITMO DA CHUVA (Demétrius) – Confesso que nem era nascido quando “Estúpido Cupido” entrou no ar. Mas o LP da novela (nossa, selecionaria muuuuuitas músicas) pertencia às minhas primas e vivia dando sopa lá em casa. Pra mim tem gostinho de infância e sempre cantarolo até hoje quando começa a chover. E é claro que está no meu MP4...rs!


8) PER AMORE (Zizi Possi) – Raramente uma canção combinou tanto com uma novela. Numa interpretação magistral e definitiva, Zizi Possi embalou as desventuras da sofrida Helena (Regina Duarte) e arrebatou o Brasil. Outra que não enjôo e cantarolo como um bobo...rs!


9) COMO VAI VOCÊ (Daniela Mercury) – Na mesma linha da anterior, o Brasil se emocionou com mais uma Helena (Vera Fischer) e suas desventuras amorosas. Paralelamente, também estava vivendo uma. Passado o tempo, ficam o belo arranjo, a interpretação sensível de Daniela Mercury e doces... muito doces lembranças!


10) SÁBADO EM COPACABANA (Maria Bethânia) – Maria Bethânia é um capítulo à parte em minha vida. Poderia criar o melhor de Bethânia nas novelas. Mas para representar todas, fico com essa que deu todo charme a uma inspiradíssima abertura, que revela a beleza de Copacabana junto com o primeiro acorde da cantora. Casou perfeitamente com a novela e mostrou que, pra se fazer uma abertura antológica, nem sempre são necessários recursos tecnológicos de primeira geração. Sensibilidade, sim, é imprescindível.


11) DEMAIS (Verônica Sabino) - apesar de me lembrar de uma época muito triste (a partida de meu pai para São Paulo) não deixa de ser marcante. Sofria eu daqui e Simone (Fernanda Torres) de lá! Mais uma da coleção “a faixa do LP está pulando de tanto que tocou”...rs!




12) AL DI LÁ (Emilio Pericolli) – Sim, o amor está no ar....rs! Além de fazer parte da trilha de um de meus filmes favoritos (“Candelabro Italiano”), ajudou a humanizar a espevitada e impagável Ilka Tibiriçá (Cassia Kiss em estado de graça) na novela “Fera Ferida”. Irresistível de cantar!



13) CÉU DE SANTO AMARO (Flavio Venturini e Caetano Veloso) – Confesso que não fui grande fã da novela “Cabocla”. Mas uma cena muito marcante e emocionante pra mim foi quando Zuca (Vanessa Giácomo) trocou o primeiro beijo com Luiz Jerônimo (Daniel de Oliveira) e, absorta, inebriada de amor, suspirava pelos cantos lembrando do amado. E que sensibilidade que Caetano e Flávio tiveram ao criar letra e interpretar com tanta doçura o belíssimo clássico de Bach. Na minha humilde opinião, o mais belo tema de novela dos anos 2000.


14) UNCHAINED MELODY (The Righteous Brothers) – já disse algumas vezes que a cena final de “Meu bem, meu mal” em que Isadora Venturini (Sílvia Pfeiffer) desfila impávida pelo império que conquistou, mas não evita a inexorável solidão a que foi condenada, é minha cena favorita de todos os tempos. Fora isso é uma canção lindíssima, que gruda que nem chiclete e que tocava sem parar. Por aqui continua a tocar.


15) BRASIL (Gal Costa) – depois de tanto romance e de tanto açúcar, resolvi fechar com essa emblemática canção de Cazuza, Nilo Romero e George Israel, que na pulsante interpretação de Gal, invadia nossas salas diariamente e serviu de porta-voz da indignação de todo um país. Caiu como uma luva para “Vale Tudo”. Até hoje é impossível se lembrar da música sem se lembrar da novela e vice-versa.

Sim, eu sei, muitas ficaram de fora. Mas lista é assim mesmo. Cada um tem a sua. E vocês? Que músicas de novelas se confundem com suas próprias vidas? Tô louco pra saber!!!

12 comentários:

Leonardo Távora Dias disse...

Vc escolheu realmente sucessos incríveis. Eu sou muito fã de "Céu de Santo Amaro" e "Per amore". Sou um fã incondicional de "Paraíso Tropical", e apesar de achar que "Destinazione Paradiso", da Laura Pausini, deveria ter feito parte da trama, não dá pra negar que "Sábado em Copacabana" tem tudo a ver com a novela. Al di lá fez parte da trilha de "Alma Gêmea" também. E eu acrescentaria a esta lista "Same Mistake", de Duas Caras, e "Jeito de Mato", de Paraíso. Muito legal.

Bom o seu post!! Parabéns! E continue visitando o Literatura Exposta, viu!!! hehehe.

TH disse...

Tarefinha ingrata essa! Às vezes os temas musicais dos personagens são tão fortes a ponto de conduzir a trajetória dos mesmos. Vou ficar devendo minha lista, mas não deixarei de mencionar uma: GITA, na voz do próprio Seixas, tema de Tonha (sua amada Andrea Beltrão) em "Mulheres de Areia 93". Não era sequer uma música da década de 90, tampouco desconhecida, no entanto casou tão bem com a personagem que soou naturalmente atual e inédita.
Abração

O Vitor viu... disse...

Leonardo, particularmente não curto muito a versão de "Al di la" de Alma gêmea. Gosto mais dessa que citei, que tb foi trilha de "Estúpido Cupido". Também sou fã incondicional de Paraíso Tropical e gostei muito da modernizada em "Mon manege et moi", clássico de Piaf, que caiu como uma luva para o casal Olavo e Bebel. Valeu pela força e pela visita. Podexá que to sempre de olho no "Literatura Exposta". Grande abraço!

____________________________

TH, querido, ótima lembrança. Tb achava "Gita" a cara da Tonia. Abração!

e d d y disse...

Ah, Vitor, tua lista está quase irretocável! Exceto por Mordida de Amor, NHAC! Mas entendo que uma músiquinha trash não pode faltar. Começo a minha lista por uma: ''Fatamorgana'', como esquecer das loucuras de Fedora, que eu acompanho agora em DVD, ao som desse chiclete árabe? rs

Outra que não esqueço, que me remete á fase mais bacana da minha infância e da novela mais bacana dessa fase também, ''Um Anjo Caiu do Céu'', com duas: ''Erva Venenosa'' da Rita Lee e ''Divano'' do Era, tema do anjo Rafael. ''Atocho'' na lista ainda ''Vambora'', clássico das sapatilhas de Torre de Babel, na voz de Adriana Calcanhoto; ''Volta'' de Fábio Jr, no fracassão que acho que só eu vi ''Começar de Novo''; e, claro, outra trash inesquecível: ''Noite Preta'' de Vange Leonel da trilha de VAMP.

Ainda estou devendo algumas, logo, logo pago a dívida. Abração, rs!

e d d y disse...

Noossa, essa minha seleção favoreceu demais Antonio Calmon! Hahaha!

aldeia disse...

Quase impossível, mas vamos lá:

Bom, a primeira que me vem à cabeça é Rock in roll lulaby, inesquecível tema de Simone e Cris em Selva de pedra.

Cesta la vie em Espelho mágico era o meu momento fossa, nem sei porque mas era - Emerson Lake and Palmer.

N. y. you got me dancin- Sheila B. Devotion- por causa do clima de Locomotivas.

Amanhã- nem precisa explicar. Dancin Days

Aloullete- Tema do par de Pai Herói com a falsa francesa Denise Emmer...linda música e lindo casal.

Just like you do- Adorava esse tema da Lígia em Água Viva.Carly Simon

I still can remember- Marrom Glacê- Samantha Sang

pra falar a verdade, das novas não lembro de enhuma que tenha me marcado.Se lembrar, eu posto....coisa de véio!!!

O Vitor viu... disse...

Eddy reclama de "Mordida de amor" e cita "Fatamorgana"??? Francamente....kkkk! Tb adoro "Vambora". "Noite Preta" é cult total!!! rs..
Vlw, amigo!

_________________________

Edu, não queria falar nada, mas sua seleção musical denuncia mesmo a sua idade...rs! Se bem que tenho algumas dessas citadas salvas no meu PC e sou tão novinho, né? rs... Abração!

ALADIM MIGUEL disse...

1º Retirantes de Escrava Isuara
2º O Amor e o Poder de Mandala
3º Elas Por Elas de Elas Por Elas
4º Rock And Roll Lullaby de Selva de Pedra
5º Do You Know Where You're Goin To de Anjo Mau
6º Aguenta Coração de Barriga de Aluguel
7º Cruisin de Água Viva
8º Dancin' Days de Dancin' Days
9º Tieta de Tieta
10º Anjo de Guerra dos Sexos
11º Alma Gêmea de Alma Gêmea
12º Alllouette de Pai Herói
13º Estúpido Cupido de Estúpido Cupido
14º She's Like The Wind de Fera Radical
15º Classic de Sétimo Sentido

MEUS COMETÁRIOS SOBRE AS MÚSICAS ESTÃO NO ORKUT DO AMIGO VITOR !

ALADIM MIGUEL

O Vitor viu... disse...

Lista do Aladim, com os devidos comentários! Obrigado, amigo! Adorei!!!

Minha Trilha Sonora de Novelas (Aladim Miguel)

1º Retirantes de Escrava Isaura- Esta é o grande clássico dos tele temas, minha preferida por razões óbvias. Lucélia na pele da sofredora Isaura quem viu jamais esquecerá.

2º O Amor e o Poder de Mandala- Grande Deusa Rosana arrasou nos vocais, lembrada até hoje depois de 23 anos! Comprei o LP dela antes de ter o da novela. Muito bom, integração total entre música e personagem.

3º Elas Por Elas de Elas Por Elas- Em todas as festas que eu participava na adolescência levava meu compacto simples dos Fevers com esta música pra gente imitar a abertura kkkkkkkkk

4º Rock And Roll Lullabay de Selva de Pedra 1ª versão- Desde que eu me entendo por gente ouço esta música que realmente é linda! Lembro muito da cena final da Simone com o Cris no navio.

5º Do You Know Where You’re Going To de Anjo Mau 1ª versão- A maldade loura de Suzana é inesquecível.

6º Agüenta Coração de Barriga de Aluguel- Ótima balada romântica, eu adoro ouvi até hoje, coitada da Clarinha...

7º Cruisin’ de Água Viva- Esta música é lindíssima e embalou o complicado romance de Marcos e Janete

8º Dancin’ Days de Dancin’ Days- Esta levanta qualquer ambiente, sempre gostei do alto astral desta música. Sonhinha arrasou nesta trama, cenas históricas...

9º Tieta de Tieta- ótima abertura e ótimo tema, minha escolhida do axé music e homenagem ao meu amigo Vitor, pela Tieta maravilhosa de nossa diva Betty.

10º Anjo de Guerra dos Sexos- Roupa Nova tem muitas musicas marcantes em novelas, mas eu fico com essa que é o máximo! Quem era o Anjo? Carolina ou Juliana?

11º Alma Gêmea de Alma Gêmea- Já gostava das outras versões, esta do Fábio Jr ficou na medida.

12º Allouette de Pai Herói- Nunca me esqueci dos muitos choros da Savalla com esta música de fundo.

13º Estúpido Cupido de Estúpido Cupido- Esta foi muito boa, grandes performances de rock and roll nas festas teens da época, Françoise Forton estava um brotinho legal nesta novela!

14º She’s Like The Wind de Fera Radical- Pra mim esta novela valeu pela Malu linda no seu corpo de mulher kkk, esta música era do Dirty Dancing, que eu amo também. Patrick nos deixou esta música para todo o sempre.

15º Classic de Sétimo Sentido- Baladão! Um dos temas mais marcantes dos anos 80. Regina ótima como Luana, mas fantástica como Priscila Caprici.

RÔ_drigo disse...

Nunca tinha parado pra pensar,pensarei!rs

Fábio Leonardo disse...

Putz, uma baita seleção! Destaco o "Céu de Santo Amaro" como a minha favorita. Linda, na voz de Flávio Venturini e Caetano Veloso.

O LABIRINTO DE DYLAN ALMEIDA disse...

faltou o "hino" das trilha sonoras, "como uma deusaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa"

kkkkkk

ROSANA FOREVERRRRRRRR

Prefira também: