sábado, 29 de maio de 2010

Melão Express: Rapidinhas, mas saborosas! – Edição 7


Antes tarde do que nunca

Como esqueci de avisar antes, informo depois. Nessa segunda, participei do X Seminário Salínguas, do Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Faculdade de Letras da UFRJ, do qual faço parte e apresentei o trabalho "NOVELAS E ORKUT: NOVAS PERSPECTIVAS DE LETRAMENTO E HIBRIDIZAÇÃO".

Ainda é um reconhecimento de terreno, uma apresentação do cenário e dos personagens de minha futura dissertação de Mestrado. Apesar de nervoso, acho que a apresentação foi satisfatória e me deu a boa sensação de finalmente unir minha carreira acadêmica à minha grande paixão, a telenovela. Vamos ver no que dá. Desde já agradeço aos compenheiros da comunidade "Teledramaturgia" pela colaboração e peço que continuem me ajudando.

Prometo divulgar as cenas dos próximos capítulos dessa minha árdua jornada. Até mais!
Mais informações sobre o X Seminário Salínguas em: http://salinguasufrj2010.blogspot.com/
________________________________________________________________________


- VIVA O VIVA!

 Tudo bem que não é aquele canal só com reprises de novelas, sonho de 11 entre 10 telemaníacos. Mas há duas boas novelas sendo reprisadas. Tudo bem também que essas novelas não são lá tão antigas assim: são da década de 90, aliás, década da maioria da programação do canal. Mas mesmo assim, é mais que bem vindo esse novo canal da Globosat. Confesso que não estava sentindo a menor saudade de rever as intermináveis idas e vindas de Raí e Babalú em “Quatro por quatro”. Mas a novela de Carlos Lombardi foi sucesso indiscutível e tem seu retorno merecido. Além disso, o novo canal proporciona outras sessões nostalgia como os ótimos seriados “Mulher”, “Sexo Frágil”, “Comédia da Vida Privada” e “Sai de baixo”. Mas meu grande deleite mesmo é poder rever a excelente “Por amor”, dos bons tempos de Manoel Carlos. Só na primeira semana de exibição a novela teve mais acontecimentos do que “Viver a Vida” inteira. Estou amando odiar Eduarda (Gabriela Duarte) novamente. Bem que o “Viva” podia abrir mais horários de exibição para as novelas, afinal de contas, à tarde é só pra quem não trabalha fora ou pra quem possui gravador. De qualquer forma, estamos em festa e torcendo para que o “Viva” nos traga muitas outras velhas novidades.


“PASSIONE”: A VOLTA DO NOVELÃO.


Em sua segunda semana de exibição e com índices de audiência nada animadores (será o trauma pela novela anterior?), “Passione”, de Sílvio de Abreu tem o grande desafio de recuperar índices de audiência cada vez mais distantes de outros tempos e de outras novelas do horário nobre. Ainda que não traga grandes novidades com relação à trama e aos personagens, Sílvio tem seus trunfos: excelente elenco  e um novelão típico, com direito a ganchos, filhos desconhecidos, triângulos amorosos e conflitos familiares.  Dizem que o sotaque italiano não está agradando. A mim, não incomoda em nada. Confesso que elegi minha própria heroína: Stela, a bela da tarde (e da noite também) da cada vez mais linda Maitê Proença (foto). Torço para que a trama da personagem possa ser desenvolvida a contento, uma vez que foge do lugar comum. A novela ainda não está imperdível, mas altamente assistível. E trouxe de volta um ingrediente indispensável ao gênero: ganchos. Só no capítulo de hoje foram três. Já é um bom começo.


RIBEIRÃO DO TEMPO: NOVOS TEMPOS NA RECORD.

Ainda falando de estreias, uma nova novela de Marcílio Moraes é sempre aguardada com ansiedade e otimismo. E sempre podemos esperar ótimo texto e personagens nada óbvios. Valorizado na Record por suas tramas que abordam violência urbana, Marcílio estreou na emissora com a primorosa “Essas Mulheres” e agora sabiamente promove uma nova guinada com uma trama política, irônica e bem humorada, que mescla bem mistério e romance, mas parecendo brincar com os gêneros. Tais características podem trazer para a emissora parte dos públicos A e B que ainda transitam pouco por lá. “Ribeirão do Tempo”, em seu início, já apresenta uma identidade própria e se mostra diferente de tudo que a Record produziu até então. Como ex-aluno de Mestre Marcílio e privilegiado por comprovar seu talento de perto, torço para que colha bons frutos com sua nova empreitada.


- "MOTHERN" ESTÁ NO AR.

Como já disse, sempre que posso acompanho a reprise de “Por amor” às 16:30 no Viva. Mas assim que a novela termina, corro pra GNT pra conferir a reprise dos episódios de “Mothern”, excelente série que, infelizmente, as pessoas pouco conhecem. A série é uma delícia: leve, inteligente, engraçada, bem escrita, bem dirigida, enfim, tudo de bom. Vale também pelo elenco: as quatro mães do título são ótimas, com destaque para Fernanda D’umbra e Melissa Vettore (desperdiçadíssima como a acompanhante de Lolita Rodrigues em “Viver a Vida). Melissa é ótima e garante, não só momentos engraçados, como os mais intensos da série. Também podemos ver Klara Castanho, cujo talento e profissionalismo já saltava os olhos aos 6 anos, arrasando como e esperta Bel, e Rafinha Bastos do CQC como um dos maridos da série. Portanto, pra quem ainda não viu, eis uma excelente oportunidade.

- LIGANDO O NOME À PESSOA.

 Com certeza, você já viu esse rosto muitas vezes na TV, mas talvez nunca tenha ligado o nome à pessoa. Figura simpática e marcante em tudo o que faz, Nica Bomfim tem agora uma oportunidade melhor pra mostrar seu talento e seu carisma com um ótimo personagem em “Escrito nas estrelas” na pele da adorável mãezona Magali. A primeira vez que prestei atenção na atriz foi em “História de amor” (1995), como a prestimosa auxiliar da Helena da vez, vivida por Regina Duarte. Desde então foram muitas participações em produções como “Eterna Magia” e “Zorra Total”, mas é Magali quem está proporcionando a Nica vôos teledramatúrgicos maiores. Não há como não cair de amores pela personagem fãzoca de Fábio Júnior e dona da macarronada mais cobiçada da novela. Pelo andar da carruagem, promete muita emoção por aí. Magali ainda nos fará rir e chorar muito, aposto, pois é daquele tipo de personagem alto astral e do bem que todos nós gostaríamos de ter por perto. Parabéns pra Nica e que muitos outros personagens como esse possam surgir daqui pra frente.

Beijos, abraços e até a próxima!

14 comentários:

e d d y disse...

O Viva é um sonho realmente! Que delícia poder rever as estripulias de Caco Antibes, as trapalhadas da Fada Bela, as chatices da Eduarda, as presepadas da Babalu... Adoro, adoro!

A novela do Lombardi eu não estou acompanhando porque tenho inteirinha em DVD há um bom tempo. É engraçada, muito bem escrita e tem uma primeira semana irretocável, desce redondinha. Torço o nariz para o desenvolvimento, com o foco em cima do (chatíssimo, NMO) casal Babalu e Raí. Já ''Por Amor'' é hors concours, não tem quem não goste. Manoel Carlos em sua melhor forma. Diálogos afiadíssimos numa trama simplesmente cativante.

Passione tem me agradado até aqui. Maitê está deslumbrante mesmo. Divina! Quem me dera se ela parasse me pedindo uma informação... rs! Ribeirão do Tempo me decepcionou um tantinho, devo confessar. Sou fã do Marcílio e depois de ''Essas Mulheres'' e A Lei e o Crime esperava mais dele. Alguma coisa tá faltando ali. Pra mim, ainda não tá ornando. Mas continuo espiando, pra ver como a coisa se desenrola. O autor tem crédito.

Abração, tio!

RÔ_drigo disse...

Às vezes tenho inveja de pessoas tipo o Eddy q consegue fazer comentarios tão grandes qto o o post,rs.
O Viva de fato é um sonho se realizando, e vai realizar teoricamente eternamente,rs,nossa odiei juntar as duas palavras!!
Gosto mto de 4X4 e Por amor é minha segunda novela favorita do vovo... E defininitivamente como o tempo ñ fez bem a carreira dele!
Passione é uma trama envolvente com um elenco mto,mto bom... Mas parece q falta algo na mistura, talvez olha q ironico, falta Paixão!!
Ribeirão do Tempo a história me empolga um pouco, mesmo confiando no Marcilio, afinal amei Essas mulheres, mas com um elenco que conto nos dedos qm eu gosto, e ainda assim, gosto ñ adoro,e uma direção q ora eu detesto, ora eu só acho ok,me da preguiça de ver!
Mothern de fato é legal, a Vettore é sensacional^^
Agora vamos combinar o que é como diria a propria: Anã gigante= Nica Bomfim... Que ser encantador! Que mulher querida, que atriz cativante... Que artesã de mão cheia, siiiimmmmmm... Eu tenho dedoches feitos por ela=D
Magali é um personagem tão gracioso quanto ela... Ela merece!!

Belo post mr VitMelon;]]
Oia só acho q escrevi tanto qto o Eddy,rsrs.

Sinha Clementina da Camiranga disse...

Moro fora do Brasil e infelizmente não tenho acesso a esse Viva que vocês comentaram, mas adorei a idéia. Nossa televisão produziu tanta coisa boa que é uma grande sacada ter um canal só pra manter viva essa memória. Uma novela antiga que me deixou muita saudade e nunca esqueci foi "A Sucessora", com a Susana Vieira e o saudoso Rubens de Falco, além do Paulo Figueiredo, Arlete Salles, Kadu Moliterno novinho, no início da carreira, Nathália Timberg, Lisa Vieira e a deliciosa Miriam Pires. História, texto, cenários, aquele clima de mistério e elegância, uma produção primorosa. Tomara que passem a "Sucessora" no Viva, pras gerações mais novas de noveleiros também poderem se deliciar com essa jóia. Adoro o Melão.
Bjks a todos

Nica disse...

Assim eu não aguento, meninos!!!
Esse carinho não tem preço - é isso que faz a profissão valer a pena, né?
Um beijão ENOOOOORME
Amo vocês!!!

Anônimo disse...

Só vou falar de Passione, que é a única que assisto. Maitê também é minha favorita, ainda mais ao som de Nina Simone em "Don't Explain" (detalhe, para quem não sabe, o piano também é executado por Nina). Também não me incomoda o sotaque, e agora na segunda semana já está mais natural.
Outros destaques femininos estão em Irene Ravache e Leandra Leal: personagens divertidas e bem compostas - já no início da novela!!!
E o que dizer de um núcelo que tem Fernandona, Yáconis e Villar juntos??? Gente, é a história do teatro, do cinema e da televisão juntos!
Também acho que falta ainda a paixão, embora no capítulo de ontem Mariana Ximenes tenha começado a dizer a que veio.
Preocupa-me o elenco masculino: Tony Ramos ainda está próximo do Nico, de "Belíssima"; Cauã Reymond parece ter sido devolvido ao posto de garoto gostosão (depois de A Favorita, é sacanagem); Antony e Lombardi algo burocráticos (e na primeira semana, me parecia que ia rolar uma coisa meio homoerótica no triângulo amoroso...).
Bem, é esperar pra ver: estou gostando bastante e, sinceramente, é uma pena que esteja indo mal no ibope o que sempre me leva a pensar em "foda-se o ibope". Mas, infelizmente, não é assim que funciona. Por enquanto, ponto para o Sílvio de Abreu.
Robério.

JOSE disse...

A Nica Bomfim não fez a primeira versão de Paraíso não gente?

Tenho a impressão de ter visto o nome dela nos créditos naquele tempo...

Adorava aquele personagem dela em História de amor.

Parabéns Dona Nica!E muito mais sucesso!

Wania disse...

Gostei bastante dos seus comentário sobre a novela.Tb estou gostando bastante. Só espero que Fernandona,rs,rs possa ter um texto a sua altura. Ainda não é ela, pelo menos para nós que a amamos!Bjus

Walter de Azevedo disse...

Canal Viva virou vício. Fácil falar isso para alguém que, como eu, adora televisão. Acontece que minha sobrinha, que não costuma assistir, não perde Quatro por Quatro, Por Amor, Mulher, etc. Ela tem 18 anos e diz que não entende o motivo da qualidade na tv aberta ter caído tanto. Quatro por Quatro é uma novela de que gosto bastante, mas achei que não me chamaria atenção numa terceira vez. Eu estava enganado. Elogiar Por Amor é chover no molhado. Que texto impecável! Maneco na sua melhor forma. Se o Viva fosse aberto, muitas emissoras estariam preocupadas com a concorrência.
Passione, como disse Vitinho, é a volta do novelão ao horário. Mistérios, intrigas, revelações, tudo o que pede um bom folhetim. Maitê está linda e realmente toma conta da tela. Fernanda, Cleyde e Leonardo dispensam comentários. Tirando uma ou outra coisa, o geral me agrada bastante. Ribeirão eu vi apenas o começo do primeiro capítulo, mas confesso que as "estrelas" do elenco me afastaram. Pena, porque gosto bastante de Marcílio.
Nica é um doce de pessoa! Tenho contato com ela pelo twitter é a simpatia e respeito que demonstra ter com os fãs é louvável. Quem dera se todos os famosos fossem assim. Magali é uma personagem deliciosa, humana, popular e que Nica defende com muito talento e dignidade. Espero que os autores e diretores continuem apostando no talento dela.

Walter disse...

Tô adorando o Viva, como já dito por vários até agora. Adorando rever a primeira fase do Sai de baixo, dos tempos da Edileusa, e vendo como foi bom o Tom Cavalcanti ter saído da Globo (kkk). Esto adorando rever 4 X 4 e estou assistindo Por Amor com outros olhos, embora continue ODIANDO a Maria Eduarda.
Sobre Passione, a unica coisa que me desagrada é o Francisco Cuoco. Acho ele um tremendo canastrão.

Abraços!!
Walter C.

Duh Secco disse...

Ah, não tenho o Viva (ainda! rs). Mas fico feliz pela iniciativa de abertura do canal.

Passione me conquistou! Por mais que eu não entenda direito o que o núcleo italiano fala, nem simpatize com a mocinha da Dieckmann (mas por ser a Dieckmann mesmo, rs), não consigo perder um capítulo sequer. Idem Ribeirão do Tempo, perfeita! Marcílio é sempre garantia de coisa boa.

E concordo com tudo o que foi dito sobre a Nica e sua personagem. Adoro ambas!

Vitinho querido, posts cada dia melhores! Parabéns, pessoa!

e d d y disse...

Esqueci de falar da Nica, maravilhosa. Acompanho o trabalho dela desde a minha querida ''História de Amor'' e fico superfeliz de vê-la crescendo na profissão.

Muito sucesso, querida!!!

Vicente disse...

Não sei qual é a sua operadora de TV paga, Vitor, mas vc sabia da sacanagem que a SKY está fazendo com seus assinantes para que possam assistir ao CANAL VIVA? Simplesmente não disponibilizarão o canal para os antigos assinantes (mesmo aqueles que assinam pacotes completos - ou quase)a partir de junho! Criaram novos pacotes e combos mais caros, que ainda excluem alguns canais como o CANAL BRASIL, ANIMAX e SPEED CHANNEL (dos quais provavelmente eles pretendem se livrar futuramente com a desculpa de rejeição por parte do público) e obrigam os antigos assinantes a migrarem para os novos empacotamentos para terem o CANAL VIVA. Caso contrário, é MORTE CERTA! Tremenda falta de respeito para com seus antigos assinantes que terão que abrir mão de canais, pagar mais caro, e mudar de pacote para terem o CANAL VIVA. É menos por mais! Ainda mais em se tratando de um canal considerado básico pela GLOBOSAT (braço da Rede Globo) e disponível a toda a base nas demais operadoras que já negociaram o canal! Uma tremenda vergonha!

Vicente disse...

A MORTE ANUNCIADA: Nesta segunda-feira, dia 31 de maio, o CANAL VIVA foi limado da grade dos antigos assinantes da SKY!
sniff! sniff!

O Vitor viu... disse...

Pois é, Vicente! Lamentável mesmo. Mas parece que se aderirmos aos pacotes 2010 ou 2011, mesmo os básicos, o Viva faz parte. E uma das vantagens da Sky é que se a gente negociar e disser que vai trocar de operadora, eles dão desconto. Vale uma tentativa. Ligue pra lá e depois conta pra gente se conseguiu ou não. Abraços!

Prefira também: