quinta-feira, 26 de maio de 2011

Blogueiro convidado: Robério Silva revela os signos em “ValeTudo”


 Enquanto “O astro” Herculano Quintanilha não chega, recorri a um de meus mais inteligentes e cultos amigos para uma divertida brincadeira com os personagens de “ValeTudo”. Robério Silva é professor universitário, Doutor em Literatura pela UFF e amante de todo tipo de arte, inclusive as ocultas...(risos). Além de seu invejável currículo acadêmico, Robério é cinéfilo e noveleiro de carteirinha, fã de Gal e ainda por cima, astrólogo e tarólogo (dos bons!). Com tantos afazeres, ele ainda arrumou tempo para ser o mais novo blogueiro convidado deste humilde melão e aceitou entrar na minha brincadeira de identificar os prováveis signos dos principais personagens dessa novela que, mesmo depois de mais de 20 anos, continua mexendo com o imaginário do público. É que certa vez, Robério fez o mesmo com as “Mulheres Apaixonadas” (ainda tem o texto, honey? Que tal publicá-lo no melão?). Não poderia deixar a oportunidade passar e ter um de meus amigos mais antigos, próximos e queridos por aqui também. O melão agradece demais a Robério e espera que todos vocês se divirtam com nossa aventura novelístico-astrológica.

O astral de “Vale Tudo”
Por Robério Silva


Olá, amigos, é com muita honra e prazer que recebi o convite do querido Vítor de Oliveira para escrever essas pequenas impressões astrológicas sobre as personagens de “Vale Tudo”. Faço-o com muito prazer, pois a obra ainda é minha novela favorita: trama saborosa e de eficaz crítica social, personagens carismáticas e muito bem interpretadas num trabalho de direção inspirada e atores em momento de graça. A ênfase do texto, obviamente, recai sobre as fulgurantes figuras humanas construídas pelo texto de Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Basséres e pela atuação dos intérpretes. Foi até difícil separá-las pelos doze signos do zodíaco, mas afinal, com ajuda do próprio Vítor, conseguimos um panorama astrológico muito interessante. Vamos a ele.

 MARIA DE FÁTIMA - o que dizer de nossa protagonista arrivista, antiheroica, mas, sobretudo, de uma humanidade e genuinidade poucas vezes vista na ficção televisiva? Bem, primeiro vamos pensar em alguém que tem um forte objetivo, capacidade de foco, coragem de arriscar, falta de escrúpulos (afinal, ela só não mata, mas o resto...), falsidade e muito veneno – só destilado na companhia do amante. Estamos diante de uma nativa de ESCORPIÃO, senhoras e senhores (pensaram que era Capricórnio? Não, capricórnio ia estudar e trabalhar, não ia trair a própria mãe etc.), claro, trabalhada no lado negativo do signo. Percebam como ela é discreta e alheia quando os problemas não lhe dizem respeito nem atrapalham suas ambições. Claro que tudo isso está disfarçado por um simpático ASCENDENTE EM TOURO, que faz de Fátima uma moça suficientemente bonita, agradável, aparentemente cordata e gentil, o que é muito positivo para seus interesses escusos em busca do casamento rico – que afinal consegue, devido também à tenacidade dos dois signos. No entanto, Fátima não gosta de barraco nem de grosseria, embora seja capaz de gestos dramáticos e artisticamente elaborados, como se jogar nas escadarias do Municipal a fim de interromper a inoportuna gravidez. Apesar de ligeiramente cafona (culpa do ascendente), gosta de vida social, de eventos e festas de gente fina. Temos aqui uma LUA EM LIBRA: além das características acima, Fátima ainda apanha e não revida na hora (trama vinganças escorpiônicas), quando alguém grita ou a encara, ela mete o galho dentro e fica quieta, já que não é boa de briga – só nos bastidores.


ODETE ROITMAN – fala a verdade, é um ícone! Odete é carismática, inesquecível, posa de séria diante da família, mas é meio vagaba – sem perder a classe – longe dos olhos dos parentes e curte mesmo é uma boa baixaria, nos dizeres de sua filha Helena. Antes de tudo, porém, Odete é mãe, é a chefe do clã, faz tudo – sobretudo, tudo de errado – pelos seus; reclama do Brasil, mas não consegue se desvencilhar, amando-o pelo avesso através das críticas contínuas e cotidianas. Além de mãe, é uma grande empresária, tem pulso forte nos negócios, sabendo ser uma raposa predatória como executiva . Ao mesmo tempo, domina a família com mão de ferro, e sabe exercer sua tirania sobre os filhos problemáticos e a irmã passiva. Estamos diante de alguém do signo de CÂNCER. No entanto, por ter ASCENDENTE EM CAPRICÓRNIO, posa de madame fina e chique (lembrem-se de que ela também usou o casamento como ascensão social), sabendo o valor real das boas coisas, e não faz o papel de figura doméstica; gosta de circular nas altas rodas, detesta cafonice piegas e zela por sua figura pública. Sua determinação e gosto por luxo, conforto e boa vida são reforçadas pela LUA EM TOURO, que reforça tanto seus traços maternais quanto a devoção aos negócios e o gosto pelos prazeres sensuais e eróticos, literalmente comprados através de sua fortuna.


RAQUEL ACCIOLY – afinal, a verdadeira heroína da novela resulta em não ser glamourosa como suas antagonistas (o que é uma regra do melodrama, não é mesmo?). Batalhadora, humilde, simples, trabalhadora honesta, com tino e mão para os negócios, Raquel é um dos estereótipos da filha de TOURO. Apaixonada e romântica, também se sacrificará pela filha e pelo homem amado ao mesmo tempo. O ASCENDENTE EM SAGITÁRIO lhe dá a mania de ficar soprando verdades o tempo inteiro, e passando lição de moral, mas ao mesmo tempo é o responsável por seu grande otimismo e gargalhada sonora. Atirada e com iniciativa e capacidade liderança, além de um certo nervosismo e certa chatice, traz ainda a marca da LUA EM ÁRIES que caracteriza um mulher-líder, empresária, aventureira (afinal ela vem atrás da filha no Rio de Janeiro), mas também chegada num barraco e numa certa falta de glamour (se comparada com as outras mulheres da história).


IVAN – aqui temos o típico sujeito quase que exclusivamente preocupado com sua carreira, com os negócios, e com a própria ambição. De ética ambivalente (lembremos que seu casamento com Heleninha é meio na base do interesse...), Ivan, apesar de maduro e realista deixa-se seduzir pelo poder dos Roitman e a possibilidade de ascensão social tanto na TCA quanto através das relações sociais e matrimoniais. Posa de bom moço, mas na verdade, apesar de seu envolvimento romântico com Raquel, trai um grande egoísmo. Temos aqui um CAPRICÓRNIO de alta envergadura, persistente, tenaz, discreto. O egoísmo, no entanto, se acentua, junto com o fato de ser disputado por várias mulheres na trama, devido a um ASCENDENTE EM LEÃO. Ivan sabe aparecer quando é necessário, tem capacidade como executivo e não se furta a grandes entradas em cena. Tem vaidade de sua suposta honestidade e valor como profissional. Empurra a vida familiar com a barriga, embora não se livre de vez da ex-mulher, filho e demais parentes.


MARCO AURÉLIO – chegamos ao porco chauvinista, machista, preconceituoso, grosso, autoritário e tirano, mas que se submete à verdadeira dona do pedaço, Odete. Sexualizado, mas misógino, é outra personagem astrologicamente arquetípica: o macho de ÁRIES! Grita com os subalternos e com as esposas, inferniza a vida do filho, cobrando-lhe uma atitude mais “masculina” (em seu próprio entender) do rapaz, conta com um capacho para ajudá-lo nas falcatruas ousadas – inclusive, roubando da própria Odete (!!!) o que trai a famosa temeridade ariana, brinca com fogo. Como possui uma LUA EM CAPRICÓRNIO, exerce a força física ariana numa presença antipática no ambiente de trabalho, e é na carreira que enfrenta as provas e obstáculos a que os arianos são tão afeitos. Sério e mal humorado, quer vencer os colegas e acionistas da empresa.

CÉSAR – ah, o michê bom-vivant, agradável, garotão, esportivo, sabe um pouco de tudo, línguas estrangeiras aqui, conhecimentos de informática ali, bissexual, leva a vida na flauta, cínico e com sabedoria de rua... estamos diante do tipo não estudioso de SAGITÁRIO. Beneficia-se de mulheres mais velhas, gosta de viver ao ar livre, pouca roupa e viagens, também tem noção do que é medíocre e tenta se afastar. A LUA EM ESCORPIÃO lhe dá o sex-appeal necessário para o meio de vida que escolheu, um ar misterioso e discreto, certa intuição para se safar de situações indesejáveis (nem sempre) e o tino para detectar o lado obscuro das outras personagens -  o que será muito útil a Maria de Fátima. Assim, como sua amante, também se apresenta como uma figura simpática, agradável, é bonitão, denotando outro ASCENDENTE EM TOURO.


SOLANGE DUPRAT – inteligente, moderna, independente, amiga dos amigos, desafia a autoridade de Odete, não aceita o machismo de Afonso, e, quando se descobre traída por Fátima, não hesita em lhe dar uma boa bofetada, mas com toda a classe possível, prometendo-lhe abertamente a vingança: Solange é o protótipo da mulher evoluída de AQUÁRIO – qual outra resolveria ter uma gravidez independente e arcar com todo o processo? Sofisticada e ao mesmo tempo mordaz, incisiva e respondona, parece trazer ASCENDENTE GÊMEOS, o que lhe confere o ar jovem e descolado, sem perder a sofisticação dos signos de ar.


HELENINHA – ah, Heleninha, frágil e suave artista plástica, alcoólatra e pobre menina rica... Pobre menina rica? Só quando está bêbada ou na depressão pós-bebedeira, né? De cara limpa é um saco, chata de dar dó, e, como diz a própria mãe, “Não há marido que agüente”! E é esnobe e elitista como uma boa Roitman. No entanto, cheia de culpa, descarrega tudo na bebida e protagoniza porres homéricos e históricos. Estamos diante de uma descontrolada nativa de PEIXES. De qualquer modo, é uma artista de valor, e apesar da chatice e arrogância, tem bons sentimentos, o que deve vir de um coração de ascendente em LEÃO, o que ainda favorece as grandes cenas na hora da manguaça. E se estiver de mau humor sabe muito bem como quebrar um bar, à la LUA EM AQUÁRIO.


CELINA – fala a verdade, quem não gosta de tia Celina? Educada, do bem, fina, sofisticada, interessada em arte, adora os papos de cinéfilo de seu fiel escudeiro Eugênio. Mas sem pulso diante da poderosa irmã, gosta de esconder os problemas da família sob panos quentes, mas pouco eficazes, passa o tempo todo diluindo ou negociando os conflitos, e trocando o estofado do sofá: uma LIBRA autêntica. Discreta e mãezona dos sobrinhos e protegidos, mostra uma influência de LUA EM CÂNCER, esquecendo-se um pouco de viver a própria vida em prol de acompanhar as relações familiares.



RENATO – jornalista sofisticado, profissional, vive em movimento e não batalha muito o amor das mulheres por quem chega a se interessar. Mostra um padrão típico dos nativos de GÊMEOS. Apesar de simpático, ajudar a amiga Celina, e ser ombro amigo de Heleninha, não se envolve mais profundamente nas loucuras do Roitman, apesar da amizade fiel demonstrada: ASCENDENTE EM LIBRA.





AFONSO – o riquinho rico que todos protegem; é todo machinho, vaidoso, cai na lábia de qualquer piriguete arrivista social, e dispensa a namorada gente boa, mas que trabalha demais... qual o signo? LEÃO, é claro; até porque, pelo lado positivo, soube dar umas porradas no César e esculachar a esposa adúltera. Mas é meio infantil, deixa as bombas maiores serem resolvidas pela mãe, que o sufoca. Bebê do zodíaco? ASCENDENTE EM ÁRIES!


POLLYANNA – bom amigo, pobrezinho, trabalhador, diligente, humilde, humilde, humilde, daqueles que gostam de ser pobre: VIRGEM, ASCENDENTE EM PEIXES, pra ter aquele arzinho desprotegido de Pluft ou Gasparzinho. Mas é amigo fiel e pau pra toda obra. Ai, aquela humildade toda deve ter LUA EM VIRGEM também, rsrsrsr.

Menções rápidas: LEILA – outra escorpiana, porém desastrada; ALDEÍDE – leonina do tipo divertida, alegria do núcleo pobre.

Abraços astrais!

Robério e eu há milênios atrás...


10 comentários:

Walter de Azevedo disse...

Adorei! Muito, muito bom. Vivia tendo conversas "astrológicas" com minha prima e realmente conseguimos ver todas as características apontadas nas personagens. Ótimo saber que a chérie Solange é aquariana, como eu! hehe

Eddy Fernandes disse...

Que criativo!

Gostei de saber que o Ivan é capricorniano como eu. E, de fato, lendo o texto consigo elencar algumas características comuns. Principalmente no que tange à vaidade (sou bonito pra caramba! rs...).

Nilson Xavier disse...

Hahahahaah
Ótima ideia a deste post, amigo Vitor
e parabéns caro Robério.
Vc faz mapa astral?!

Só não gostei de saber que Cesar é de Sagitário
se bem que me identifico com ele, às vezes (ui!).
E não achei nenhum ascendente em Cancer.
Mas deve ter no resto do elenco!
Zezé? Vasco? Rebequinha?
rs

Fábio Leonardo disse...

Assim como eu, Renato é de gêmeros. rs

Bacana, gostei muito. Bela interpretação!

Leão disse...

Na verdade o César é aquariano, na ficha dele da TCA a data de nascimento é 07/02/1954.
Na cena que o Afonso investiga o período que ele foi funcionário lá dá pra ver na teloa do computador.

O Vitor viu... disse...

Pois é, Leão, mas a proposta, como foi bem expressa no texto, é uma brincadeira baseada na característica dos personagens que, afinal de contas, são meramente ficcionais. Abraços!

Portal Cascudeando disse...

Vale tudo foi uma novela clássica por ter seus personagens bem desenhados. Tanto que até hoje são lembrados! Parbéns pelo texto!
Lucas - www.portalcascudeando.blog.com

aldeia disse...

fiquei feliz que a minha personagem preferida possa ter ascendência em gêmeos...também um pouco decepcionado do Renato, um bobão , pra mim, ser do meu signo rsss Na época da novela eu gostava mais do Renato...agora tudo me irrita nele a começar pelas javanesas.

Bela ideia mesmo de dar signos às personagens...tomara que a moda pegue, Robério!! Parabéns!

DEIA SHINE disse...

MUITO BOM11parabéns amei de paixão,não poderia definir melhor estes personagens.bem que poderia trazer outro para nós.beijos

RÔ_drigo disse...

Eu apaixonado pelo mundo noveleiro e pelos astros amei os textos^^
Que tals o Robério assinar uma coluna cada fim de novela com uma analise dos personagens??
Iria amar^^

Prefira também: