sábado, 10 de outubro de 2009

Melão Express: Rapidinhas, mas saborosas – Ed. 2

> PÁRA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!

O Ministério Público ataca novamente. Notificou Manoel Carlos, que anunciou a idade de uma das vilãs de sua nova novela, “Viver a vida”, a atriz Klara Castanho, de 8 anos.
"Nem todas as manifestações artísticas são passíveis de serem exercidas por crianças e adolescentes. Uma criança de oito anos não tem discernimento e formação biopsicossocial para separar o que é realidade daquilo que é ficção. Isso sem contar com as eventuais manifestações de hostilidade que ela pode vir a sofrer por parte do público e não compreendê-las", explicam as procuradoras Maria Vitória Sussekind e Danielle Cramer.
Caso ignore as recomendações, Manoel Carlos pode sofrer uma baixa em sua trama. O descumprimento obriga o autor à adequação do personagem ou, até mesmo, ao afastamento deste.



> Só fico com pena da Klara Castanho. Tão jovem e com um talento nato, já comprovado em "Mothern" e agora teria a chance de mostrar seu talento para o grande público, vai ter sua participação na novela prejudicada por causa da esquizofrenia desse MP, que tinha mais era que se preocupar com as milhares de crianças carentes cheirando cola, fumando crack e se prostituindo pelas ruas. Reflexos de um mundo assolado pelo politicamente correto que extrapola sempre os limites do bom senso. O que mais irrita nesse caso é menosprezar a criança.

> Por essas e outras é que ando mais voltado para as grandes produções do passado. Estou inebriado de “Tieta”. Desde que recebi de presente a novela completa de meu grande amigo Ronaly, simplesmente não consigo parar de assistir. Que novela deliciosa, irreverente, debochada e extremamente moderna. Inclusive para os tempos de hoje. Muito mais vanguarda do que as produções atuais, tão patrulhadas pelos hipócritas e moralistas de plantão.

> Um exemplo de vanguarda foi uma cena a qual assisti ontem. Ricardo (Cássio Gabus Mendes), o jovem seminarista, desfilando pela cidade de shortinho curto e sendo cobiçado por todas as mulheres que ao vê-lo passar gritam “cabrito”! Cena aparentemente inocente, mas extremamente transgressiva, pois inverte os papéis de gênero que até hoje perduram na sociedade.

> Uma coisa não se pode negar. Aguinaldo Silva é extremamente generoso com seu elenco. Ele escreve sempre novelas de atores, em que as interpretações estão acima até da própria trama. Todo mundo tem chance de brilhar. A cada capítulo de “Tieta”, um show de alguém do elenco, de Armando Bogus a Cristina Galvão (tinha me esquecido de como ela é boa atriz). A impressão que dá é que “Tieta” diverte não só o espectador. O alto astral da novela é tão evidente que o elenco parece também ter se divertido bastante.



> Outra constatação ao assistir “Tieta”. Na maioria das vezes, uma novela é lembrada muito mais por suas cenas iniciais ou finais. Mas há tantas cenas antológicas no decorrer da novela e elas acabam fatalmente caindo no esquecimento. Um exemplo foi um delicioso embate entre Tieta (Betty Faria) e Perpétua (Joana Fomm). Além do texto maravilhoso, as duas atrizes em estado de graça, cada uma ao seu estilo. E o melhor não é o que era dito. Era o que ficava nas entrelinhas, sugerido pelos gestos e olhares das duas. Genial.

> Voltando ao presente, a pedido do leitor e amigo Edu, que assina os comentários como “Aldeia” (!), comento a nova edição do “Brazil’s next top model”. Confesso que gosto muito mais da versão americana, sobretudo pela apresentadora e pela maior diversidade de tipos entre as candidatas. Mas o programa não deixa de ser divertido. Confesso que gosto muito mais das provas propriamente ditas do que a parte “BBB” do programa. Um monte de modelo gritando e brigando numa casa é um pouco duro de agüentar....rs!

> Por fim, algumas palavras sobre a estréia de “Cama de Gato”. Não vi os dois capítulos iniciais. Mas quando comecei a ver consegui me inteirar de toda a história. Mérito total das autoras, Duca Rachid e Thelma Guedes, que conseguem dar agilidade à trama, mas ao mesmo tempo não perder de vista o espectador que chega depois. Além disso, direção super caprichada. Ação na dose certa. Tudo para ser um gol de placa!

> Passo o feriado em Petrópolis e volto na semana que vem. Não reparem se eu voltar a falar de “Tieta”. Bom feriado a todos e até a volta!

3 comentários:

RRJunior disse...

ETA LELÊ!!! Obrigado pelo elogio, meu amigo! Aliás foi uma promessa que cumpri com gosto (te oferecer esse presente!). Aliás, estou tão inebriado quanto você! Também não consigo parar de ver... Tô aproveitando esse sábado chuvoso (10/10/2009) assistindo a novela (desde às 10 da manhã até agora - 15:40 - Já assisti 8 capítulos), estou no capítulo de nº 98 sem conseguir parar!
Deixando um pouco Tieta de lado (será que conseguimos?) e falando um pouco sobre "Cama de Gato", também não assisti aos capitulos iniciais, mas acompanhei pela mídia o que pude e já me interei da trama... Realmente muito boa! Espero que continue com o fôlego inicial e consiga trazer pro horário um pouco emoção e, principalmente, motivação para todos nós. Afinal já faz algum tempo que as tramas não vem motivando muitos telespectadores e fãs!
=]

Carlos Fernando disse...

Nem sempre rapidinhas são boas, mas as suas são ótimas.
Sou contra o politicamente correto. Para mim isso é incorreto. Essa garota é muito boa e ficamos impedidos de ver por um *#&@#$%$!@ desses!
Tieta, tempo bom, desempenhos brilhantes. Quanto tempo levará para esses tempos voltarem na TV de hoje?

aldeia disse...

Quanto à menina, acho tudo uma besteira, porém como trabalho diretamente com crianças um pouco maiores, vejo a deseducação que a elas é permitida, talvez seja isso que o Maneco queira dizer, a Rafaela de hoje pode ser a Isís de amanhã....rsssss

Acho que ninguém curte muito aqui o Brazil Next top model, mas confesso que tenho gostado, mais também pelo que é traduzido como estilo acompanhado de um lado cultural que eu acho legal ser lembrado, pois geralmente associam esse mundo ao vazio , ao oco e há arte ali também e cada vez mais tem havido em desfiles como do Ronaldo Fraga por exemplo. Mas acho que ninguém gosta mesmo....rssss valeu, Vitor....

Prefira também: